terça-feira, 8 de dezembro de 2015

O Conselho: CONSCIÊNCIA


O Conselho,

Hoje vamos voltar a um tema já discutido antes por esse canal, embora não neste fórum em particular. Iremos visitar alguns dos aspectos da consciência e dar-lhe algumas coisas para pensar.

Algumas palavras que podem ser utilizadas em demasiada frequência são, consciência, conscientização, subconsciente e conhecimento. Temos medo de que evitar isto possa não ser possível. É, afinal, o assunto, e estamos limitados pelo seu vocabulário sobre isso.

Vamos começar por afirmar algumas coisas que você se lembrará que nós já dissemos antes, talvez com demasiada frequência para alguns. Haverá sempre aqueles que estão lendo ou ouvindo algo pela primeira vez, ou tendo a compreensão de novas perspectivas.

Tudo o que você pode, eventualmente, perceber através dos seus sentidos físicos, ou de outra forma, é feito de energia. Se existe, é energia. Se é energia, é informação. Se é energia, está em movimento. Ela está em um campo unificado. Ela é consciente. É inteligente. Você tem uma infinidade de nomes que chamar isso. Infelizmente, você tende a tomar como uma exceção quando alguém o chama por um nome diferente. E você também tende a personificá-la.

Agora, o que é isso, isto É Tudo O Que É. Nós apenas demos algumas descrições de tudo isso, não demos? Então, se isso é tudo o que é, e a consciência é, em seguida, também devemos descrever a consciência. Se ela existe, então também devemos descrevê-la. Onde a ilusão entra em cena é quando você pensa em si mesmo como uma coisa separada do campo universal. Na verdade, você está nele, e ele está em você. Você é uma parte dele, mas é a totalidade de você.

Agora, neste campo universal, há as coisas que você tem conhecimento, e as coisas das quais você não tem conhecimento. Mas todas essas coisas são uma parte do campo universal. Todas essas coisas são conhecidas por esse campo. De alguma forma, o campo o qual você é uma parte de sabe dessas coisas, e ainda assim você não sabe. Nós apenas declaramos algo que parece ser óbvio, mas é uma verdade?

Existe uma diferença entre o que é de seu conhecimento e que está em sua consciência? E se algo está no campo que compõe a totalidade do seu ser, você pode conhecê-lo? E se não, por que não? Porque impedí-lo de saber de tudo o que o que você precisa, ou deseja, saber?

Se disséssemos que uma cortina, um véu, é a resposta a essa questão que você aceita e acredita, isso faria sentido para você? Se disséssemos que os fatos de que você percebe - na verdade, não percebe - como sendo isolados, e é o que criou todo esse mal-entendido, isto explicaria um pouco?

Agora olhe ao seu redor por um momento. Você está olhando para as coisas que são uma parte desse campo consciente. Eles são energia e informação. Alguns de vocês têm a capacidade de sentir isso, às vezes, a maioria não. Alguns realmente são capazes de se comunicar com as árvores, por exemplo. A maioria não acredita que isso seja possível. Este é um exemplo do tipo de crença que falamos.

Quando você olha ao redor, você está, por causa do que nós estamos explicando, olhando com sua consciência para aquilo o que você não tem conhecimento. A sua consciência, limitada por você, está olhando para o seu subconsciente. O mesmo é verdadeiro quando uma parte do campo está tendo uma conversa com outra parte do campo. Vamos reafirmar isto de outra maneira. Quando um de vocês está conversando com um outro de vocês, veremos que, um ponto de vista limitado está compartilhando alguma consciência que ele tem, com outro ponto de vista limitado, ou tentando.

Outra maneira de olhar para isso é através de cada momento em que as coisas, animais e pessoas, ao seu redor, estão tentando trazer para as suas coisas a atenção que o Todo colocou em seu caminho. Essas coisas podem responder perguntas para você. Elas podem adicionar beleza ao seu dia. Elas podem trazer aqueles momentos tipo "Aha!". Elas podem aparecer como sincronicidades. Ou eles podem flutuar passando totalmente desapercebidas.

Ai reside a descrição do limite entre o seu consciente e seu subconsciente. O que você escolhe para estar ciente? O que você é capaz de estar ciente?

Agora, esperamos que tenhamos conseguido mudar esses limites um pouco. Talvez, nós fizemo-lo um pouco mais poroso. O que nós sabemos que temos feito é que, temos em parte explicado o que está acontecendo para todos vocês.

O que está acontecendo é que o ser humano físico está se tornando mais e mais capaz de entender. Ele está se tornando mais capaz de ver através dessa cortina. Ele está menos certo de que ele é só isso, ou apenas isso.

Agora, para que você não se deflacione por isso, podemos apontar que cada um daqueles a quem você chama de mestres, viveu onde você está e lidou com estas questões. E muito poucos deles viram algum progresso em apenas uma ou duas gerações, como vocês tem feito. Nós somos seus maiores líderes de torcida.

Se nós pudéssemos ser descritos como em preparação para uma festa de comemoração para a sua ascensão, em seguida, agora estaríamos procurando os fósforos para acender as velas do bolo.

Não se esqueça de olhar ao redor hoje. ~

O Conselho
Ron Head
08/12/2015
Fonte: Oracles and Healers

Copyright © Ronald Head. Todos os Direitos Reservados. Você pode copiar e redistribuir este material, desde que você não o altere de qualquer forma, o conteúdo permaneça completo, e você inclua este aviso de direitos autorais link: http://oraclesandhealers.wordpress.com/

Oracles and Healers
A Place to Share Insights and News
http://oraclesandhealers.wordpress.com/
Facebook: https://www.facebook.com/OraclesAndHealers

Traduzido por Blog Luz e Vida – Manaus/Brasil



Postar um comentário