quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Natalia Alba: REUNIÕES DIVINAS - LIBERANDO ANTIGOS APEGOS…


REUNIÕES DIVINAS - LIBERANDO ANTIGOS APEGOS
… PARA ACOLHER NOSSOS VERDADEIROS COMPANHEIROS
Por Natalia Alba
02 DE DEZEMBRO DE 2015
                                                                                                                                                                   
Dezembro não somente nos traz a dádiva de nutrir o nosso ser e permanecer em um completo estado de pura bem-aventurança e celebração – honrando quem nós somos, bem como as nossas criações físicas em nosso domínio humano. Mas é também um mês de transição, em que alguns de vocês ainda deixarão para trás mais do velho que não lhes serve mais em seu caminho à frente, avaliando quais são os reais desejos de sua alma para esse novo ano e estabelecendo novas intenções, que os levarão para onde vocês gostariam de estar nessa nova etapa. Enquanto os outros, em vez disso, já entrarão em um caminho repleto de novas almas companheiras com uma sensação de comprometimento mais aprofundado em suas Reuniões Divinas.

Lembrem-se de que as reuniões na quinta dimensão não são apenas sobre o antigo sentimento de romantismo e apego que costumávamos ter, mas acerca de um comprometimento mais intenso e incondicional com todos os seres/coisas da Criação. Assim, durante este novo mês, aqueles que estão prontos e unidos internamente, em primeiro lugar, começarão a se reunir com aquelas almas que durante este novo ciclo de sua exclusiva experiência de vida, vão ajudá-los a evoluir, assim como trazer à luz as criações que vão beneficiar o Planeta e não apenas os seus desejos pessoais.

Em momentos de transição, tendemos a acreditar que não vamos aonde verdadeiramente desejamos e que as condições externas estão dirigindo as nossas vidas. Não há nada mais do que isso, nós, nossas almas, no mundo invisível, estamos sempre criando os resultados perfeitos, com as almas perfeitas que servirão ao que viemos aqui realizar, cada um de nós terá um propósito exclusivo para ajudar o TODO. Na maioria das vezes, o nosso ser humano faz-nos cair na falsa crença de que não somos amados e que não é justo não termos um parceiro. Isso não se refere a nós, mas ao Todo. Não podemos continuar fingindo que isso é tudo acerca das nossas vidas e que escolhemos, porque a verdade é que o universo, que não julga, funciona de modo igual para todos nós e somente no Tempo Divino é que podemos encontrar as almas que serão nossas companheiras na próxima etapa que ainda estamos criando.

O Universo, em sua infinita inteligência, tece fios invisíveis que não podemos compreender do lugar onde estamos. Não deveríamos julgar, mas discernir e nos interiorizar para conectar-nos à nossa Centelha Divina, para lembrar de que aquilo que realmente importa é trabalhar para o bem mais elevado de todos, e não apenas para as nossas preferências. Nossa simples tarefa, como humanos, é confiar nas Forças Divinas de Luz, sabendo que elas sempre cuidam de nós e que as almas, que estamos tão ansiosos para encontrar, virão quando estivermos prontos. Às vezes não é devido ao fato de que não podemos encontrá-las, mas acerca da verdade de que ainda não nos tornamos quem temos que nos tornar a fim de nos reunir novamente. Amar, aceitar e unificar todos os aspectos de quem vocês são, é essencial para se tornar o ser que vocês são na natureza, de modo que o Universo saiba que vocês estão preparados para dar início a um relacionamento que também ajudará os outros e não apenas a si próprio.

Como um lembrete cósmico do que já está acontecendo em nosso domínio físico, e acerca da importância da verdadeira natureza de nossas reuniões divinas no Novo, temos Vênus, o planeta do amor e da abundância, indo para Escorpião no dia 4 de dezembro. Vênus em Escorpião é intenso a respeito dos nossos sentimentos e está fortemente comprometido com tudo o que ama e cuida, visto que o seu amor não é limitado e condicional. Podemos aproveitar essas energias amorosas ao incorporar e dirigi-las para o self. Lembrem-se de que não podemos encontrar a paixão, o compromisso verdadeiro e o amor em nossas reuniões com outras almas, se primeiro não encontrarmos o amor em nós mesmos e visitar as profundezas do nosso ser, a fim de encontrar o que é que deveria ser acolhido, liberado e/ou recebido com prazer, de modo que possamos acessar essa nossa nova etapa, ao ser renovado e esvaziado o velho do velho.

Desde 27 de novembro, temos também Quíron, o curador cósmico, nos ajudando a curar aquelas velhas feridas e limitações que estão nos impedindo de seguir com o fluxo e acolher todas as bênçãos que estão nos aguardando, ao virar a esquina, se primeiro liberarmos todas as barreiras que bloqueiam nosso caminho verdadeiro para realizar os nossos desejos mais profundos. Portanto, se o tomarmos como aliado, nos servirá para iluminar aqueles nossos aspectos que precisam ver a luz e lembrar da verdade que somos sempre completos, curados e que apenas temos que acessar o espaço do nosso coração para lembrar de que apenas podemos transformar aquilo que não funciona mais para nós, como Mestres e curadores do nosso ser e da nossa vida, que somos na essência.

Às vezes, achamos difícil visitar nossos domínios internos, porque nosso eu humano não deseja confrontar a verdade do que podemos encontrar aí e deixar o outro, com quem não ressoamos mais, para trás, com gratidão e amor, por ter compartilhado esse caminho conosco. Mas, somente sendo honestos com nós mesmos e indo mais profundamente com as nossas verdadeiras intenções, é que podemos manter os sentimentos autênticos pelos outros. Não podemos dar amor incondicional, se primeiro não senti-lo por nós mesmos, e Vênus, neste signo profundo de Escorpião, ajuda-nos a transformar e regenerar o que não está unificado e que ainda está sendo julgado, de modo que possamos dar o passo para verdadeiramente amar e aceitar a nós mesmos e aos demais..

Concentrar nossa atenção internamente, aceitar cada aspecto de quem somos, sem polarizar ou rotular, com amor incondicional, e sem resistência, é essencial para que espelhemos esse amor divino no exterior, e durante a permanência de Vênus em Escorpião é um momento maravilhoso para nos perguntarmos como poderíamos chegar a um relacionamento mais autêntico com nós mesmos, com os outros, com a abundância e com todos os aspectos de nossas vidas, assim, quando Vênus entrar em Sagitário, em 30 de dezembro, teremos a clareza necessária para procurar aqueles relacionamentos que estejam realmente alinhados com quem nós nos tornamos e podemos livremente apreciá-los com um sentimento puro de saber que estamos realmente criando relacionamentos genuínos e integrados com o Amor Divino, não apenas para ajudar a si próprio, mas ao Todo.

Está no Plano Divino que todos nós vamos nos encontrar e em seguida partiremos novamente, em uma dança eterna de dar e receber ou acolher e liberar. Somente o nosso ser humano é que julga o que deveria ser e o que não deveria. Somente o nosso ser humano é o único que pensa que sabe o que é melhor e que quer controlar todos os eventos, condições e circunstâncias. Nós, como almas, não possuíamos o sentimento de apego e manipulação que, na forma humana, tendemos a ter agora. Sabíamos que era o nosso principal objetivo liberar quando chegasse o tempo certo, porque não há nada nem ninguém que possamos realmente reter. Vocês apenas podem escolher lembrar-se desses acordos e livrar-se da necessidade humana de compreender a natureza divina de todas as coisas, e os contratos de alma e criar uma nova experiência de vida, baseada na alegria e confiar no desconhecido.

A escolha é sempre sua de acessar um novo caminho repleto de novas e belas almas que os acompanharão durante a próxima etapa da sua jornada, ou permanecer apegados ao que deveriam liberar. Cada escolha é extremamente respeitada e apreciada, porque tudo serve ao Todo. Mas, o sofrimento apenas termina quando decidimos aceitar, nos render e liberar aqueles que não nos pertencem, para começar, e escolher nos lembrar de por que vimos aqui e a verdadeira natureza de nossas reuniões com as outras almas, bem como a alegria que sentimos quando fazemos essas escolhas em um estado de pura consciência e Amor Divino.

Com amor e luz.

-.....---==I.=|=|..|=|=.I==----.....-


Fonte: Luz de Gaia
www.luzdegaia.net

Gostou! Compartilhe com os Seus Amigos.

Postar um comentário