domingo, 17 de janeiro de 2016

Saul: O PERDÃO É LIBERTAÇÃO!


O mundo, o ilusório mundo no qual a humanidade está sonhando uma história que já não o agrada, parece estar mergulhado no caos. O que está acontecendo, é que você está se tornando consciente da loucura de suas chamadas vidas civilizadas, ao você queimar através dos planetas os recursos não renováveis ​​de energia a uma velocidade que é aterrorizante. Os seus estilos de vida, embora aparentemente moderado em suas necessidades e despesas, estão em risco, e são cada vez mais improváveis as chances de que seus filhos e netos sejam capazes de desfrutar de qualquer coisa como um padrão de vida semelhante. Você parece estar travado entre uma rocha e um lugar duro, como você tantas vezes eufemisticamente descrevem o que parece ser uma dificuldade insuperável.

Talvez você se conforte com pensamentos e esperanças que os avanços de novas descobertas na tecnologia possam fornecer soluções para seus inúmeros problemas. E ainda assim, as suas dúvidas e ansiedades, às vezes o oprimem, ao você se lembrar que, historicamente, impérios e civilizações sempre entraram em colapso, e até mesmo você pensa que, na pior das hipóteses, será uma suave decadência, permitindo que um novo e melhorado ambiente social, político e de negócios possa substituir perfeitamente o atual insustentável de forma relativamente indolor.

A má notícia é que a velha ordem, a velho velha maneira de vida do cão comedor duramente competitivo, está à beira do colapso. No entanto, a boa notícia é que, a humanidade está acordando para a insustentabilidade dos constantes conflitos e depredação planetária, e em muitos lugares, as pessoas estão se levantando para esse desafio, e tomando as medidas necessárias para resolver conflitos e reverter danos planetários através da negociação sábia e cuidadosa. Como resultado daqueles líderes militares insensíveis que têm por eras escolhido se envolver em guerras preventivas, e os seus homólogos nos negócios e na política, e até mesmo alguns líderes religiosos, já não têm um séquito de discípulos que os admirem prontamente, para que possam continuar a engajar-se em políticas que possam ser claramente vistas ser na melhor das hipóteses imprudente e, na pior, totalmente insano.

Verdadeiramente uma grande mudança está em andamento pois os mais jovens, em sua maioria de quarenta idade ou menos, com o que parecem ser cabeças extraordinariamente sábias em seus ombros jovens, aparentemente movem-se em posições de poder e influência.

Muitos de vocês têm mantido durante décadas sua Luz, e vivem com bondade e compaixão, enquanto perdoam aqueles que o magoaram ou machucaram-no, segurando a intenção de se abster de julgamento. Isso tem fortalecido seus campos de energia pessoais, seus campos de Amor, com que cada ser humano é envolto, e o resultado dessas intenções longamente detidas, é a decisão coletiva da humanidade para despertar. Provavelmente pareceria, às vezes, que suas intenções amorosas estavam tendo um efeito muito pequeno, mas na verdade, é por causa dessas intenções constantemente mantidas através das décadas, sem qualquer feedback positivo além do seu próprio conhecimento interior, que trouxe você para tão perto de seu inevitável despertar.

Aqueles de vocês mais de 60 anos de idade, quando olham para trás em sua juventude e para o ambiente cultural em que cresceu, pode ver os enormes progressos que têm sido feitos em alcançar e ajudar aqueles em necessidade. Há ainda um grande caminho a percorrer, mas os progressos para acabar com a pobreza e com todos os seus males associados está se acelerando. Muito poucos agora culpam os pobres por serem pobres, ao passo que anteriormente era comum culpar os pobres, enquanto assumindo que eles eram preguiçosos, faltava determinação a eles, e, portanto, mereciam estar vivendo em situação precária. Então, realmente, muita coisa mudou para melhor na atitude da humanidade em direção ao outro, e a consciência crescente de que a sua sobrevivência na Terra depende da sua vontade de apoiar uns aos outros, em vez de imperiosamente julgar e encontrar a falha do outro.

A decisão de despertar é exclusiva da humanidade. Muitos sábios encarnaram ao longo das eras para trazer este fato a sua atenção, e eles conseguiram. Você foi criado livre, e nossa Fonte de Amor nunca vai substituir a sua liberdade. No entanto, desde que você escolheu jogar o seu jogo da separação, e atacar outras pessoas que você via como, erradas, ou diferentes, você estava efetivamente fechando o seu coração e se escondendo do Amor infinito que está constantemente oferecendo-lhe a consolação e o conforto de dentro do centro de seu Ser, que tantos procuram fora de si.

Indo para dentro, aquietando a sua mente, com a intenção de sentir o Amor de Deus por você, é o caminho a seguir ao longo das suas trajetórias individuais de evolução espiritual. Quando você se permite saber que você é divinamente amado, você habilita-se a cessar o autojulgamento, que é endêmico, e começa a perdoar a si mesmo, por todas as suas falhas e erros. Ao fazer isso, você rapidamente percebe que não há nada a perdoar, que você estava apenas inconsciente, e que seus aparentes maus comportamentos eram apenas tentativas equivocadas de encontrar o seu caminho de casa.

Quando você realmente perdoar a si mesmos, tendo olhado para todas as questões que estavam causando tanta dor, você será capaz de aceitar o que surgir em sua vida diária, sem medo ou ansiedade, e você vai encontrar-se facilmente perdoando aqueles a quem você julgou como errado, ou que o magoaram. Você vai reconhecer nelas a dor que você experimentou em si mesmo, e compreender que eles também estão apenas buscando o caminho de casa.

O perdão é libertação! O perdão dissolve rancores e ressentimentos e traz-lhe a paz, uma paz que você não poderia imaginar alcançar ao aferrar-se aos rancores e ressentimentos. Mais e mais de vocês estão se engajando com ele, e ao você fazer isso, você estará liberando a humanidade - o outro - da prisão que, o não perdão, constrói em torno de você, a prisão na qual você estava se escondendo com medo da liberdade! Quando você encontra a sua própria liberdade você perdoa, e quando você perdoa você acha que o medo se dissolveu, e que você está realmente em paz.

Vá para dentro, diariamente, se envolver com o Amor que habita lá em cada momento. O Amor que você está tão desesperadamente procurando, só pode ser encontrada dentro. É aí que ele reside, esperando por você, para reconhecê-lo e permitir que ele possa abraçá-lo e enchê-lo de alegria e paz. Você sabe que ele está lá, mas você fica com medo, porque você tem-se julgado duramente e se sentido indigno, e não merecedor de seu quente abraço. Demita esses julgamentos. Eu lhe asseguro que o Amor de Deus por você se mantém inalterado, e não há nada que você possa fazer para mudar isso. Tudo o que você pode fazer é, recusar-se a aceitar o que lhe é oferecido, e por que você faria isso, quando a sua aceitação irá trazer-lhe apenas a paz e a alegria.

Com muito Amor, Saul.

Saul.

12/01/2016
Canal: John Smallman
Fonte: http://johnsmallman.wordpress.com/

Reblogado do website de John Smallman
Link da mensagem: https://johnsmallman.wordpress.com/2015/12/28/you-will-never-be-refused-or-rejected/

Tradução: Adriano Pereira – blogluzevida@gmail.com 
Manaus/Amazonas/Brasil


Postar um comentário