terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Saint Germain: O PODER DE CURA DA CHAMA VIOLETA


CANALIZAÇÃO DO PODER DE CURA DA CHAMA VIOLETA
 

Partindo do que já se conhece a respeito dos modos de ação da Chama Violeta, pode-se pensar em como canalizar aos seus poderes, de modo a torna-los efetivamente aplicáveis à vida cotidiana. Muito será realizado desde que haja certeza do desempenho que se fará quando houver séria compenetração e bom senso no uso deste poderoso instrumento alquímico. Quero apontar-lhes alguns procedimentos que lhes serão úteis, já que desejam, e estou certo disso, aprofundar-se nas suas ações de transmutação clara e consciente. Sei que a prática os ensinará muito mais do que as instruções, mas ambas serão complementares, e lhes fornecerão as habilidades necessárias para que desenvolvam seus próprios métodos de uso para fins pessoais e altruístas/humanitários/planetários.

Comecem por rever as maneiras de se perceberem, eliminando as certezas sobre si mesmos, bem como as dúvidas a respeito de seus potenciais para a autocura e a cura. Enquanto cultivarem a incerteza, ela continuará incentivando-os a aceitarem a doença, e qualquer outra forma de perturbação que lhes seja imposta, como algo que não podem combater por meio dos seus próprios esforços. Na medida em que se libertarem das indecisões, haverão de adquirir autoestima em graus suficientes para desestruturar qualquer intrusão aos seus campos magnéticos que possam afetar seus equilíbrios, causando-lhes desequilíbrios mentais, emocionais ou físicos. Quando estiverem plenamente conscientes do quão autônomos podem se tornar na busca por cura e libertação terão conquistado um estado de consciência onde não há mais desilusão, medo ou dúvida.

Para se tornarem bons canais da Chama Violeta, precisarão abrir-se completamente para tal possibilidade, acreditando em si mesmos e não se negando a atingir a perfeição de um estado autocontrolado, que envolve contínua depuração dos corpos inferiores e elevação da consciência. A continuidade se tornará aparente, pois perceberão que nada mais lhes afetará sem que saibam como transmutar ao que lhes afeta. Pretendam atingir tal condição existencial e mantenham fé e convicção no processo que lhes conduzirá a esta outra etapa de suas vidas espirituais, pois assim o farão, atingindo o estado de equilíbrio que desejam. A abertura que deverão se dar abrange a mudança dos pensamentos e dos sentimentos que talvez tenham estado por muitos idos sendo manipulados por forças que lhes são externas.

Livrem-se destas forças e, para tanto, primeiro precisarão reconhecê-las. O que lhes sugiro é que, ao longo de suas meditações e reflexões, concentrem-se em, ao mesmo tempo em que calam suas mentes, receberem as influências de intuições que sejam depuradas através de um trabalho sério e pormenorizado com a Sagrada Matriz das 49 Divinas Irradiações. Na medida em que forem eliminando as imperfeições mais grosseiras de suas personalidades, travarão mais contato com aqueles aspectos de suas pessoas que lhes permitem autoanalisarem-se com maior discernimento e sinceridade. Enquanto ainda existem contaminações excessivas do ego humano, as quais podem os manter sob o jugo de falsas impressões, aprisionados às teias viciadas que podem confundir seus raciocínios, estarão suscetíveis a continuarem a manifestar julgamentos incoerentes e incompletos sobre si mesmos e sobre as outras pessoas. A depuração das imperfeições do ego de pessoa comum lhes permitirá, no entanto, a adentrarem em aspectos de seus íntimos que os abrirão sem reservas para que articulações da consciência aconteçam rápida e continuamente.

Paralelo a esta busca por correção do que lhes desfavorece, cultivem conhecimento adequado sobre a ação dos sete raios e de suas irradiações. Coloquem em prática tudo o que aprenderem, mesmo que a princípio ainda de maneira imperfeita. Quanto mais praticarem, maior será a precisão de suas manipulações. Usem das interseções entre os raios para curar a qualquer interferência ao equilíbrio dos seus campos vibratórios. Saibam que tudo o que precisam fazer é, enquanto desenvolvem autocontrole mental e estado meditativo de atenção aos fatos do dia-a-dia, pensar/sentir/ser o que resulta das interseções entre os raios que realizarão. Se invocarem a Chama Violeta a fim de co-criar às condições que desejam manifestar, farão as interseções entre as Divinas Irradiações que têm as qualidades mais indicadas para a transmutação rápida e eficiente de qualquer tipo de condição.

Aprenderão quais são estas interseções, partindo de suas próprias práticas. Mas, já de antemão, lhes proponho que experimentem trabalhar com a mesclagem de propriedades do sétimo raio com o quinto raio no subnível físico dos seus corpos mais densos. Isso corresponde às suas vibrações corporais que se equivalem em qualidade e atribuições às vibrações do primeiro raio, as quais, se desejarem, poderão ser induzidas a interagirem com as propriedades que caracterizam à Chama Violeta em interseção com o Raio da Cura. Enfim, serão muitas as possibilidades de obterem resultados que lhes favorecerão à aprendizagem, proporcionando-lhes abertura para que atribuições curativas desta Divina Emanação fluam através de seus corpos e consciências. Quero estar sempre pronto a estimular suas intenções e, desta forma, estarei transferindo, a quem quer que deseje se aprofundar em tais manipulações curativas, tudo o que possa elucida-los em torno desta Sagrada Ciência Alquímica.

Saint Germain (06/02/2013)
                                             
Saint Germain através de Valéria Moraes Ornellas
                                                                             

----.....---==II==----.....----


Conteúdo obtido por sintonização através de Valéria Moraes Ornellas, Sacerdotisa da Ordem de Zadkiel e co-fundadora da Editora Sétimo Raio, Rio de Janeiro – RJ, e originalmente publicado emhttp://missaodesaintgermain.blogspot.com.br.  Este material faz parte dos recursos de apoio ao curso de Chama Violeta, que será oferecido em breve pela Ordem de Zadkiel na cidade do Rio de Janeiro. Se desejar divulgar este texto, favor citar devidamente a autoria e a fonte original da publicação.                                                                                                                      
Fonte: Luz de Gaia
www.luzdegaia.org/


Gostou! Indique para seus amigos.
                                                                                                                                  
Postar um comentário