sábado, 2 de abril de 2016

Jennifer Hoffman: BRILHE A SUA LUZ INCONDICIONALMENTE


A Luz que você brilha é pouco brilhante, a ponto de ninguém a perceber ou a reconhecer? Ou é possível fazer brilhar a sua luz apenas porque ela faz parte do seu percurso de vida? Aqueles com as luzes mais brilhantes são mais os fáceis de se ver, mas a sua tarefa não é envolver mais pessoas na luz, é simplesmente deixar brilhar a sua Luz de uma forma mais incondicional possível. A luz brilha para que todos possam vê-la, mas nem todos o fazem, nem todos o querem, e nem todos precisam. Isso não diminui a importância ou o valor da luz. Seu valor não é medido por quantos a veem, abraçam, e incorporam-na, mas sim por quão brilhantemente ela brilha, mesmo que ela brilhe sozinha.

Aqueles que brilham com mais intensidade não ficam sobrecarregados por iluminar esta enorme quantidade de escuridão, ou de trazer mais pessoas para a luz, eles tornam-se balizas claras da escolha de abraçar uma maior frequência e vibração, não imperativos para a mudança. Ao serem uma fonte incondicional de luz, significa que elas brilham não importa quem quer que veja a luz, ele estará lá, para todos a verem, quando for seu tempo e quando elas estiverem prontas.

Alguns têm uma jornada de estar na escuridão como um incentivo para aqueles que buscam a luz. Eles também são uma parte importante da base de luz. Sem sombras, a luz é invisível. E sem luz, não há alternativa para a escuridão. Mas não há nenhum mandamento para que todos possam ver a luz, e não há condições para qualquer um, aqueles que estão na luz ou no escuro, possam tornar-se conscientes da luz, para abraça-la e incorporá-la, e também tornar-se um farol de luz para os outros.

Isso não faz com que o trabalho daqueles que tenham menos brilho tenha menos sucesso ou seja menos valioso. Em um universo ilimitado e incondicional, existe todo o potencial, mesmo para permanecer na escuridão. Brilhando a luz incondicionalmente faz com que a luz esteja disponível para todos, sem condição de aceitação ou reconhecimento.

Se o medo dos resultados das trevas torna-se a razão para brilhar a sua luz, então você está agindo com condições e julgamento. Você pode ser tentado a brilhar mais intensamente para que outros possam ver, mas o potencial para ver e abraçar a luz depende da frequência e vibração, que também dependem da vontade, das lições, do carma, e do caminho da alma de cada indivíduo.

Só porque você brilha com mais intensidade não significa que os outros vão querer ver mais luz. Alguns podem ser cegados pela luz, e se afastam porque ela interfere com seu caminho. Outros podem usar a luz para fazer uma escolha de permanecer em sua própria escuridão. A luz que você brilhar deve ser incondicional, e você deve brilhar pela alegria de estar na luz, e em ser um "Ser de Luz", não porque acredita que você brilha para que os outros possam vê-lo e conhecer a luz para si mesmos.

A luz é um caminho de alegria, verdade e amor incondicional, todas são energias de frequências muito altas. Mas o caminho da luz não inclui a necessidade de se tornar uma força para a transmutação da escuridão. O sol brilha só porque é apreciado ou ele brilha porque é isso que ele faz? Isto é como você pode encontrar alegria em sua luz, bem como, brilhar com a alegria da luz, e para que você se sinta em sua luz. Tendo consciência de que a luz é o seu dom, brilhe por si mesmo, para iluminar seu próprio caminho. Não desanime se ninguém aparecer para vê-la, porque eles não podem ver o que não está dentro sua frequência, ou não faz parte do seu percurso de vida.

Quando você se torna um exemplo de alegria, plena-felicidade, empoderado, e vivendo plenamente através de sua luz, você pode se tornar uma fonte de inspiração para os outros. Não é porque você brilha mais luz, mas porque eles veem o exemplo de sua luz em ação. Isto é como você inspira os outros a considerar a luz como uma alternativa à escuridão, e quando você brilhar com luz incondicional, você faz da luz um potencial, e permite que outras pessoas façam dela uma empoderada escolha que eles fazem através da sua própria vontade. E quando você encontra a alegria em sua própria luz, já não importa se outras pessoas podem compartilhar de sua alegria hoje, você está na alegria, o que permite a sua luz brilhar ainda mais brilhante para si mesmo, para todos ao seu redor, e para toda a humanidade.

Jennifer Hoffman
23/03/2016

Direitos Autorais
Copyright (c) 2016 por Jennifer Hoffman. Todos os direitos reservados. Você pode citar, copiar, traduzir e linkar para este artigo, em site livres e sem nenhum tipo de doação, desde que você inclua o nome do autor e um link para este site. Todos os outros usos são estritamente proibidos.
http://enlighteninglife.com/

Fonte: http://enlighteninglife.com/shine-light-unconditionally/
Traduzido por Adriano Pereira


Postar um comentário