sábado, 2 de abril de 2016

Saul: A LANCINANTE SENSAÇÃO DE QUE DEVE HAVER MAIS A VIVER


A celebração da Páscoa é um lembrete de sua unicidade com Deus e, portanto, um com o outro, uma comemoração anual da Ressurreição, que foi um passo importante para mover toda a humanidade para a frente, para despertar do sonho da separação. A ressurreição trouxe à consciência da humanidade a possibilidade de se lembrar do conhecimento, escondido por eras sob um manto ou véu de indiferença e ignorância auto imposta, que você é Um com Deus.

Que esta memória está agora surgindo na consciência coletiva da humanidade e levando a um intenso desejo coletivo para retornar à realidade, para despertar do sonho ou pesadelo no qual têm sido abrigados desde o momento em que vocês escolheram experimentar a separação de sua fonte divina. Verdadeiramente, aquele momento de escolha foi apenas um momento atrás, mas o ambiente da separação que você inventou para jogar seus jogos, tinham regras que tinham de ser observadas ou, se preferir, as leis naturais que apareceram para controlar o ambiente em que o jogo tinha estabelecido, e uma delas era tempo linear.

Assim, o breve momento que passou desde que você escolheu se separar de Deus, parece ter estado acontecendo há vastas eras. A maioria de vocês se sentem como se sempre fosse assim, e que sempre serão seres individuais, separados - na verdade, para a maioria de vocês até mesmo o pensamento de ser Um com milhões ou bilhões de outros, parece bastante repulsivo. Enquanto isso, uma pequena minoria de seres humanos, que têm lembrado o seu verdadeiro estado de unicidade, está tentando trazer esta memória para a consciência coletiva. Estudos científicos modernos também estão confirmando a conexão de absolutamente tudo, que realmente não existe separação.

Ao mesmo tempo, o jogo que é a ilusão, parece demonstrar muito claramente a você a realidade da separação, a medida em que a humanidade se envolve em uma infinidade de conflitos de natureza intelectual ou fisicamente violentos - religiosos, políticos, econômicos, raciais, culturais e, claro, militares - que causam um sofrimento incalculável para muitos, só para provar que um lado é certo e o que o outro lado, aqueles em oposição, estão errados. E, claro, todo o ponto de construir essa ilusão era para fazer que o tempo parecesse absolutamente real, e linear, com sua progressão de uma forma inalterável, parecendo confirmar essa realidade.

Você faz planos o tempo todo - os planos para sua carreira, planos para relacionamentos íntimos, planos para os seus filhos, planos para o seu negócio, planos para manipular os outros, planos para as suas férias, planos para sua aposentadoria - o tempo todo olhando para o futuro e não vendo o momento do agora, onde tudo ocorre. E frequentemente, à medida que envelhecem, você começa a sentir que a vida passou por você, que você perdeu alguma coisa importante, e você certamente perdeu! Mas, mesmo que muitas vezes não seja aparente, você se envolve em um novo relacionamento, ou volta para a escola para treinar para uma nova carreira para aliviar a sensação incômoda de que deve haver mais a viver do que suas experiências demonstram.

Esta sensação incômoda de que a vida passou por você é uma chamada de seu Eu superior, o Você real, tentando lembrar de sua finalidade, do por que você encarnou na Terra neste momento de sua evolução. Alguns de vocês tentam entender o que é que o está perturbando, indo para a terapia, o que pode ajudar se você pode encontrar um terapeuta que lide com o seu despertar espiritual. Mas o que você realmente está sendo chamado a fazer é não fazer nada! A chamada é de dentro de si, pedindo-lhe para ir para dentro, e ficar quieto, e permitir-se abri e possuir a sua natureza espiritual, quem você realmente é. Significa deixar cair as máscaras que você apresenta aos outros, mesmo aos seus mais próximos e queridos, as máscaras que você apresenta ao mundo para esconder seus sentimentos de inadequação, de não ser bom o suficiente.

Todo mundo faz isso, porque todo mundo sofre com esse sentimento de inadequação de que precisam se esconder ou disfarçar, e à face que se desenvolve ao longo da sua vida, torna-se a pessoa que você usa para esconder sua nudez aparente ou inadequação. Como resultado, a maioria dos relacionamentos, até mesmo com seus entes mais íntimos, são máscaras sobre máscaras - ilusões de ilusões! Não há um lar! Não admira que você se sinta perturbado.

O caminho de casa é através de seu santuário interior, aquele lugar de paz interior, onde você se sente seguro e onde você está seguro. Todo mundo precisa passar algum tempo lá, diariamente, sem fazer nada. Tem havido muita conversa sobre meditação, e de vários métodos ou tipos em que você pode se envolver, ao longo das últimas décadas no mundo ocidental, porque foi encontrado que aqueles que meditam regularmente são muito mais capazes de lidar com as tensões que a vida cotidiana impõe. Os medicos assim o recomendam.

Mas geralmente o que é sugerido é um período de sentar-se calmamente a cada dia apenas observando seus pensamentos e não se envolver com eles por 20 minutos. Isso é realmente bom, mas a sensação irritante permanecerá se isso for tudo o que você faz. Então, em vez de definir um limite de tempo para a sua prática meditativa ou contemplativa, apenas sente-se até que seus pensamentos começam a se dissolver, até que sua mente se torne mais silenciosa, quase vazia, e então você vai sentir a presença amorosa do real Você. Quando isso acontece, você pode fazer a si mesmo uma pergunta sobre a sensação persistente de insatisfação que você está enfrentando, e que, se você for honesto consigo mesmo, poderá assustá-lo. Então, se você puder continuar a sentar-se calmamente um pouco mais e ser grato por Si Mesmo por ouvir, a sua paz será intensificada.

Mais tarde, uma resposta à sua pergunta pode surgir, ou uma situação pode ocorrer que forneça uma resposta. Muito provavelmente será uma resposta inesperada, uma resposta que será sábia e amorosa, porque vem verdadeiramente de você, aquele Você que é eternamente Um com Deus. Isto irá, sem dúvida, surpreendê-lo, mas quando você experimentar esse tipo de sábia e esclarecida orientação ou resposta em pouco tempo, você começará por si só a confiar em Si Mesmo, e sua vida irá fluir mais suavemente e pacificamente. Então, aproveite desta sabedoria interior que está sempre com você, e vá para dentro de si diariamente, para a pratica de ouvir, e aprecie os resultados.

Com muito Amor,

Saul.

27/03/2016
Canal: John Smallman
Fonte: http://johnsmallman.wordpress.com/

Reblogado do website de John Smallman
Link da mensagem: https://johnsmallman.wordpress.com/2016/03/27/the-nagging-feeling-that-there-must-be-more-to-life/

Tradução: Adriano Pereira – blogluzevida@gmail.com 
Manaus/Amazonas/Brasil


Postar um comentário