segunda-feira, 2 de maio de 2016

Momento Espírita: A PRÓXIMA REVOLUÇÃO

 
Em silêncio, a avó observava o comportamento dos netos de três e quatro anos, em frente ao notebook do pai.

De onde se encontrava, podia ver as mãozinhas agindo nas teclas.

Percebeu, surpreendida, a maneira calma com que o menino ensinava a menorzinha a encontrar, na Internet, o desenho animado que desejava assistir.

Como um bom professor, indicava o que devia fazer, mas deixava que ela acionasse as teclas, na busca do que queria.

E os dedinhos dela iam testando rapidamente o caminho do seu desejo, até conseguir.

Então, voltou-se para o irmão e disse: Obrigada, Pedrinho. É fácil, já descobri como faz. Você pode ir embora que agora eu consigo sozinha...

Verificando a rapidez da aprendizagem e a desenvoltura da pequena, a avó ficou a pensar nas próprias limitações com algumas das tecnologias atuais.

Lembrou das dificuldades para descobrir as teclas certas, de memorizar as ações, de responder um e-mail, enviar uma mensagem.

Impressionante, concluiu, como é fácil para os pequenos absorver as novidades, adaptar-se, utilizar a tecnologia disponível.

Pousou os olhos na revista que tinha ao colo e retornou à leitura do artigo ... A próxima grande revolução não será tecnológica…

E foi lendo: Ela será moral, e liderada pelos humanos em evolução, que estão atualmente em nossos lares, em nossos colos!

Esta geração de humanos está bem diferente. Estão muito rápidos na sua cognição. Mais profundos na sua forma de traduzir o mundo e os sentimentos. E sua noção de ética e moral está mais refinada.

*   *   *

De fato, hoje vemos, com frequência, cenas de grande respeito e, de maneira espontânea, entre crianças.

O carinho demonstrado com os animais, as plantas, os doentes, deixa-nos admirados.

E esses pequenos de mente desperta, que aprendem e apreendem tudo ao seu redor, tirarão o real proveito da ciência e da tecnologia.

São almas que trazem, em si mesmos, os elementos para a transformação, para a verdadeira revolução que se fará na Terra, em benefício de todos.

Revolução moral, na qual a ética que eles trazem vigorosa se espalhará, anulando a hipocrisia humana vigente.

Precisamos nos questionar que pais somos nós, como estamos educando essas almas que nos chegam aos braços, pela bondade do Pai Celestial.

Que sejamos capazes de dar o suporte necessário e muito amor a esta geração, pois seremos nós os responsáveis pelo tom e dom que elas usarão nessa revolução!

Pais e mães, valorizemos a confiança do Celeste Criador, que nos entregou filhos Seus, possivelmente aptos a transformar o cenário da Terra.

Por isso mesmo, desde o berço, precisamos lhes oferecer exemplos do bem, de amor, de respeito, para que não se desviem da rota prevista.

Conduzi-los para a escola, oferecer-lhes a instrução preciosa, deixar que se expressem na arte, nas ciências, no esporte.

No entanto, acima de tudo, que não nos esqueçamos de lhes ensinar a pronunciar o nome de Deus com unção; a elevar o pensamento em prece; a dialogar com o Pai e Criador.

Redação do Momento Espírita, com base no artigo
 A próxima grande revolução não será tecnológica,
 por Ligia Zotini Mazurkiewicz, de 23.12.2015.
Em 23.4.2016.

Fonte: Momento Espírita
www.momento.com.br


Postar um comentário