sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Jennifer Hoffman: LIMPANDO A CASA E FECHANDO CICLOS


LIMPANDO A CASA E FECHANDO CICLOS
Jennifer Hoffman
12 de setembro 2016

Uma vez mais estamos passando por um grande ciclo de energia de limpeza, tendo nosso passado (voltamos a setembro de 1997) servido para nós como o prato principal no buffet da vida. Por que temos que passar pelas mesmas coisas de novo? Porque cada vez que vivemos uma situação, é por um novo ângulo e uma perspectiva diferente, ou pelo menos, este é o objetivo da repetição dos ciclos. E isso está acontecendo para que possamos limpar nossa casa enérgica, e começar o encerramento e a conclusão, pois só assim nós poderemos alcançar a congruência. A congruência é um estado de harmonia energética, onde tudo flui para a frente com graça e facilidade, e se você não completar isso, você verá essas situações aparecendo novamente, até que você complete.

Está na hora de limpar nossa casa enérgica e fazer algumas pesadas limpezas emocionais, e então, estaremos prontos para a integração de novas energias. A menos que nós sejamos curados, inteira e completamente com nosso passado e toda a sua energia, quando chegam as novas energias, elas fluem através dos furos de nosso campo de energia, que estão lá por causa das dores do passado, traumas, medos, arrependimentos e feridas. Na verdade, as novas energias estão fazendo-os se sentirem piores e, é por isso, que algumas das grandes mudanças de energia e downloads podem precipitar, igualmente, grandes crises de vida. Todas as energias são levantadas, não apenas as ‘boas’ energias. E cada vez mais as coisas são capazes de chamar a nossa atenção, quanto mais nos concentrarmos nela.

Isto não se trata de cura, é sobre seguir em frente. Nós colocamos muito foco sobre o processo de cura, e pouca atenção vai para o próximo passo, onde colocamos nossa cura em prática. A única maneira de saber se estamos realmente curados, inteira e completamente de algo, é usar o que aprendemos ao tomarmos nossas decisões. Precisamos tentar ver como nós as tomamos. Mas temos medo que teremos os mesmos resultados, como já tivemos no passado, e então, nós mergulhamos em outro ciclo, só para ter certeza de que estamos realmente curados. Tudo o que isto faz é nos manter no carrossel da cura. Tomar decisões nos move para um nível superior, para que possamos ter uma nova perspectiva e completar esta situação de uma nova maneira, para que possamos ter um outro nível de conclusão.

Encerramentos, não significam finais felizes, outra crença que usamos para insistir que a cura não está completa. Nós pensamos que se nós ainda estamos sentindo dor, ainda temos mais trabalho a fazer e, talvez, possamos fazer, mas em um novo nível de consciência. A única maneira de mover-se para esse nível é tomar alguma ação e, então, avaliar os resultados. Se ainda estamos sentindo dor, então precisamos de um pouco mais trabalho, mas com uma ressalva – a dor não significa que o trabalho de cura não está terminado, significa que precisamos chegar a uma outra conclusão, porque não estamos congruentes ou, em harmonia com todos os aspectos da situação.

O oposto de dor não é estar livre da dor, é a congruência. A dor existe quando há desarmonia, quando a energia em nossas vidas não está fluindo livremente. Sofremos quando não podemos enxergar juntos os pedaços da nossa – queremos algo para trabalhar que não conseguimos, queremos ser felizes, mas as situações não permitem ou, amamos alguém que não nos ama da mesma forma. A harmonia acontece quando há congruência, quando temos alegria, realização, bem-estar (o que inclui as energias de alegria, paz e Amor), e isso vem com o trabalho interior que leva as conclusões internas. Como nós poderemos preencher os buracos vazios que cria a nossa dor? Isso é o que leva-nos à congruência.

Preencher esses espaços vazios é o trabalho que temos feito por eras, e nesta vida em particular. Isto é o que conclui as redes do 3D para a ascensão e, ao fazemos isso em nossas vidas, podemos também fazê-lo na grade energética da Terra. Isso não significa que nós teremos um resultado alegre, isso significa que teremos um encerramento, o que nem sempre é feliz. Às vezes, o encerramento requer aceitação e libertação, e às vezes, significa que ouvimos notícias que confirmam os nossos piores receios, mas é uma fonte de paz e encerramento. Quando procuramos por resultados que sejam felizes e alegres, limitamos nossa capacidade de ter uma conclusão.

Nossa insistência em finais felizes e 'bons' resultados nos mantém presos aos ciclos de cura. A lição mais difícil, como eu escrevi há anos, é a aceitação. Isso é ser completo com as escolhas dos outros, ou com situações que não podemos mudar. É também aceitando as nossas limitações quando se trata de curar e ajudar e 'integralmente' aos outros. Muitas vezes tentamos fazê-los integrais e completos para que possam ser curados, e não funciona assim. Esta é uma 'jornada pessoal' que muitas vezes tentamos fazer sobre a vida outra pessoa. Nossa congruência acontece quando enchemos nossos próprios espaços vazios, quando nos tornamos congruentes por dentro. Então estamos curados e totalmente também do lado de fora.

É o nosso foco em ser congruente, e não na cura, ou na totalidade, ou em tentar corrigir alguém, que irá criar a vida alegre e cheia de alegria que nós tanto ansiamos. Em vez de dizer 'Eu quero ser feliz', defina sua intenção para ser congruente, então você poderá criar um fluxo harmonioso de energias onde tudo se encaixa e funciona em conjunto. Todos os dias, encontre uma fonte de alegria para se concentrar, não importa quão grande ou pequena seja, e isso vai ajudar a criar um novo nível de consciência necessária para transcender a dor. Chegará o dia quando poderemos ter eventos alegres e cheios de alegria em nossas vidas, sem a dor e o sofrimento, e poderemos ter congruência e harmonia e estar no fluxo da alegria, o tempo todo. É nosso paraíso pessoal na terra, e é isso o que nós estamos aqui para criar. Este é o nosso momento, vamos torná-lo congruente.

=================================

Copyright (c) 2016 por Jennifer Hoffman
Todos os direitos reservados. Você pode citar, copiar, traduzir e criar um link para este artigo, na íntegra, livre, sem-doação, através de sites, contanto que você inclua o nome do autor e um link de retorno a este site. Todas as outras utilizações são estritamente proibidas.

Fonte: Enlightment Life by Jennifer Hoffman


Traduzido por Adriano Pereira


Postar um comentário