sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Momento Espírita: COMO DEUS AGE


Quando se fala em Providência Divina, nesse especial cuidado que o Pai Celeste tem para com cada um de nós, um certo ar de descrença, por vezes, nos envolve.

Tudo nos parece como que algo um tanto místico, mágico e desconsideramos a questão.

No entanto, Deus tem formas muito estranhas de enviar o Seu auxílio.

Como para com aquele idoso, Dan Peterson, de mais de oitenta anos, que fazia compras em um mercado, na Geórgia, nos Estados Unidos.

Passando por um dos corredores, uma garotinha que ajudava sua mãe, Tara Wood, nas compras, acenou para ele e disse: Oi, velhinho.

A simples frase despertou o interesse dele, que olhou para ela, que concluiu: Hoje é meu aniversário.

Peterson conversou rapidamente com Norah e os dois se abraçaram como se fossem velhos amigos. Comovido, ele segredou para a menina que aquele tinha sido o seu melhor dia, desde há muito tempo.

Minutos depois, a garotinha voltou, querendo tirar uma foto com o senhor, que tinha acabado de conhecer.

A mãe achou tudo aquilo muito interessante e resolveu compartilhar a foto no Facebook, contando para os amigos o ocorrido.

Recebeu, de retorno, em meio a muitas mensagens, a informação de um amigo de Peterson de que ele perdera a mulher há poucos meses, estava muito triste, solitário e que conversar com Norah o deixara feliz.

Ao saber disso, Tara decidiu levar sua filha para visitar o novo amigo.

No primeiro reencontro, Norah abraçou o idoso, mostrou a foto que tinham tirado no mercado e deu a ele algumas pinturas que tinha feito.

Ele pendurou todas elas na geladeira e ofereceu doces.
.
Alguns dias depois, Norah manifestou a sua preocupação porque o amigo morava sozinho. Perguntou para a mãe se poderiam comprar um cachorro para ele.

Afinal, disse a pequena, em sua sabedoria infantil, cachorros fazem tudo ficar melhor.
Foi assim que, numa visita surpresa, mãe e filha levaram um cachorro de pelúcia para ele que também tinha comprado um bichinho de pelúcia para Norah.

Entretanto, a garota continuou a se preocupar com ele e, em outro dia, levou para o amigo especial um cobertor para que ele não passasse frio à noite.

Porque, afirmava ela, em sua lógica, ele mora sozinho e deve sentir frio.

E para o aniversário de 82 anos dele, ela tratou de providenciar balões, presente e bolo para a comemoração.

A vida de Peterson se transformou. Ele confessou que não tinha uma noite inteira de sono há muitos meses.

A tristeza e a ansiedade o martirizavam.

Agora, durmo bem e rapidamente, todas as noites. Ela me curou, confessa o idoso, emocionado.

E afirmou, por fim: Se eu não tinha mais nada para fazer no restante da minha vida, agora eu tenho uma pessoa especial para amar.

*   *   *

Sim, Deus age de formas inusitadas. Provoca um encontro entre uma menininha e um idoso e tudo se altera. Alguém que havia desistido de viver, arrasado pela morte da companheira de tantos anos, encontra novo ânimo.

E quem pode afirmar que não se trata de um reencontro de almas afins? Afinal, como explicar o encantamento e a preocupação de uma garotinha por um idoso, a partir de um encontro casual, em um mercado?

Redação do Momento Espírita, a partir de narrativa de
Geovanna Mazzeo, no link http://www.vix.com/pt/inspiracao/538990/crianca-se-encanta-por-idoso-em-mercado-vira-melhor-amiga-dele-e-o-cura-da-depressao
Em 21.12.2016.

Fonte: Momento Espírita
www.momento.com.br




Postar um comentário