terça-feira, 7 de março de 2017

Owen K Waters: ENTRELAÇAMENTO QUÂNTICO.


Entrelaçamento Quântico
Por Owen K Waters
26/02/2017

A palavra "quantum" tem um efeito quase mágico. Isso faz com que os olhos das pessoas virem-se como se tivessem acabado de entrar em um transe profundo! Eu sei ... sempre fazia isso comigo também.

É como a teoria da Relatividade, que diz que o tempo e o espaço podem se expandir ou se contrair e, de repente, lá se vai aquele olhar deslumbrado em meus olhos novamente. O único sentido que eu poderia fazer fora disto, era que a relatividade deveria ser a razão de que o tempo parasse e meu quarto parecesse ficar mais menor quando meus parentes vinham nos visitar!

Então, quais são as energias quânticas? Eles são energias sutis, então você pode ser capaz de senti-las mesmo se você não puder vê-las. Você pode até dizer que até a eletricidade é uma energia sutil. Afinal, você não pode ver a eletricidade em si, apenas seus efeitos, como quando um relâmpago acende algumas partículas de ar.

A gravidade, sendo uma força atrativa, deve ser uma forma sutil de magnetismo. Comparado ao denso eletromagnetismo físico, a gravidade é uma força sutil. Mas, uau, as viagens espaciais não seriam muito mais fáceis se pudéssemos entender esse pequeno mistério do Universo?

O mundo quântico é um mundo sutil, quase pré-físico. As coisas surgem da sopa quântica energética e se manifestam na realidade física sólida. O mundo quântico é aquele em que todas as coisas são possíveis, todos os caminhos podem ser tomados. É aquele em que o melhor caminho de ação pode ser cuidadosamente pesado e considerado antes da manifestação física ocorrer. Então, o melhor caminho se torna aquele que é finalmente escolhido.

Depois, há o misterioso fenômeno do entrelaçamento quântico - a capacidade de partículas minúsculas de energia se comunicarem umas com as outras. Por exemplo, se dois fótons se colidem, eles parecem formar um relacionamento. Agora, eles se conhecem e permanecem em contato. Quando se parte em uma longa viagem e finalmente atinge uma barreira, o outro reage à colisão. Magia, e até mais estranho ...

Eis o que Einstein chamou de parte "assustadora". As duas partículas se comunicam sobre a colisão mais rapidamente do que a velocidade da luz. Nos dias de Einstein, isso deveria ser um não-não, porque nada deveria ser capaz de viajar mais rápido do que a velocidade da luz. Além disso, como pode um fóton enviar um sinal, como uma transmissão de rádio, para o seu parceiro? É uma partícula; Ele não tem quaisquer partículas de reposição extra que ele possa enviar para transmitir a notícia ao seu parceiro. Assim, o mistério engrossa.

A menos, é claro, que a informação possa viajar à velocidade do pensamento.

A velocidade do quê? Pensamento, como na energia mental projetada através do espaço para um destino. E, porque não é energia eletromagnética física, pode ignorar o direito passado que a velocidade da limitação de luz e viajar milhões de vezes mais rápido do que a velocidade da luz.

Vamos enfrentá-lo, quando você pensa em um amigo e o telefone toca e ei-lo, esse pensamento não viaja para você como um sinal de rádio ou qualquer outra energia física. Era energia mental, viajando para você à velocidade do pensamento, assim como os dois fótons amigáveis ​​que se conhecem e podem se comunicar através de vastas distâncias.

Usar a energia mental para explicar o entrelaçamento quântico é uma opção mais elegante do que a teoria "tudo é um no mundo quântico" que está circulando atualmente. Sim, tudo é, sob todas as aparências, realmente de uma fonte, mas, no mundo físico, onde cada objeto parece ser um item separado, isso não nos ajuda muito. Mesmo no mundo mais sutil da existência quântica, tudo é separado de todo o mais, mesmo se a comunicação entre as partes estiver mais facilmente disponível.

A realidade é que, as pessoas (e as partículas de energia) podem e se comunicam mentalmente umas com as outras, mas o fazem de forma seletiva. Quando você captar um pensamento que seu amigo está pensando em você, é uma comunicação seletiva. É uma comunicação alvejada que usa a energia mental que viaja de seu amigo a você e viaja na velocidade do pensamento no espaço livre.

É hora de explorar e se familiarizar com energias que são mais sutis do que as energias eletromagnéticas físicas. O mundo quântico aguarda nossas investigações.

Há duzentos anos, a eletricidade ainda era uma estranheza - algo a ver com raios e enguias elétricas. Alguns até tiveram a audácia de sugerir que havia uma energia elétrica e que essa energia era um fator comum nos dois fenômenos e que precisava ser mais bem compreendida.

Hoje, a comunicação mais rápida do que a luz ainda é uma estranheza - algo a ver com o entrelaçamento quântico, sabendo que o telefone está prestes a tocar. Alguns até têm a audácia de sugerir que há uma energia mental, e que essa energia é um fator comum nos dois fenômenos, e que precisa ser melhor compreendida.

Hoje, os trabalhadores da luz se acostumaram à ideia de que sua Luz mental e espiritual afeta o mundo para melhor. Alguns até têm a audácia de perceber que podem ir mais longe e, ativamente, enviar luz para a consciência da mente coletiva que circunda todo o planeta.

Que ideia deslumbrante! Como se atreveram? Bem, o como-fazer já foi detalhado no nosso artigo Amor e Luz para o Mundo.


Fonte: Spiritual Dinamics

Traduzido por Adriano Pereira
Manaus/Amazonas
blogluzevida@gmail.com



Postar um comentário