domingo, 16 de julho de 2017

Gillian MacBeth-Louthan: DE SUA CHAMA DIVINA


DE SUA CHAMA DIVINA
Gillian MacBeth-Louthan
16/07/2017

À medida que o tempo se desenrola como em uma fita de 8 pistas, todos nós nos encontramos no riacho emocional sem mapas ou bússola. Parecemos estar face a face com os nossos medos mais profundos, blocos e humanos denominados fracos, ao entrarmos no Verão. O mês de julho, é um dos meses mais poderosos do ano vestindo trajes e ensinamentos que apenas um mago poderia usar. Tudo está nos pedindo para mostrar mais Luz, mostrar mais Amor, mostrar mais paixão em nossos empreendimentos.

Nós nitidamente estamos flutuando como uma geleia, cheia de pensamentos emaranhados de algas marinhas.

Nós sempre olhamos para fora de nós mesmos para obter as respostas, e agora, devemos marchar no ritmo do verão do Chapeleiro Maluco e, entrar dentro de alguns buracos mágicos de coelhos, buracos brancos e buracos negros, escuros e profundos, a fim de se separar da união de quem nós pensávamos Ser e Quem estamos agora destinados a Ser.

Nossa missão, nossas ordens divinas, mudam quando a reestruturação é assumida.

Todas as capas de invisibilidade que usamos através do tempo agora desmoronam aos nossos pés, espalhando-se por muitas poças de lama.

Neste verão, renovamos nossos votos com a Luz, com a Terra, com a realização. Somos convidados a deixar a nossa necessidade de mudar a paisagem da sequência de aprendizagem dos outros e primeiro limpar a frente de nossa própria varanda cósmica, que está cheia de nossos próprios restos emocionais, e do que precisa ser amado em uma nova forma.

Nós pularemos qualquer desculpa para evitar fazer o que está em nossa lista de prioridades, e vamos fazer.

Nós fugimos como um cachorro foge ao se assustar.

Todos nós estamos com poucas energias emocionais, como uma vassoura que precisa ser trocada. Nós ganhamos um pouco de vida e força e, então, nós nos sentimos drenados novamente.

Há uma grande resistência no planeta ao nos movermos para os eclipses e os dias de poder de julho e agosto. A maioria só quer se esconder na areia ou em uma caverna emocional.

Como os vapores do templo de Delphi e os oráculos antigos, não podemos escapar dos próximos aprendizados, pois eles são absorvidos em cada célula do nosso ser, abrindo passagens pelas velhas lembranças.

No corpo físico, o sistema criador dos medos biológicos, sobem à superfície. Todos sentimos que uma parte de nós está morrendo, e a humanidade ganha impulso no medo, criando um ciclo de queda do sistema imunológico, causando desordem, seja imaginária ou real.

Quando qualquer parte da mente e da alma do seu corpo se afligir, seja por influência solar, dilemas familiares, ou simplesmente por stress e preocupações, imediatamente, envie Luz para essa área. Trate-a como um filho assustado, e pergunte sobre qual é o problema, o que posso fazer, o que está relacionado com o futuro/passado/presente?

Use o mantra de cura abaixo para ajudá-lo a se limpar neste verão

DECLARAÇÃO DE SAUDAÇÃO ESPIRITUAL

Espírito, localize a origem da minha dor/sentimento/pensamento (insira o sentimento ou crença ou dor / doença que deseja divulgar aqui) ___________________. Verifique a origem em todos e em cada um dos níveis, camadas e aspectos do meu Ser. Analise e resolva perfeitamente, com a verdade de Deus. Venha no tempo, curando todos os incidentes com base no fundamento do primeiro, de acordo com a vontade de Deus: até que eu esteja no presente cheio de Luz e Verdade, Paz e Amor, perdão para mim, perdão de cada pessoa, circunstância e evento que contribuiu para esse sentimento/pensamento. Com total perdão e Amor Incondicional, eu excluo do antigo do meu DNA, libero-o e deixo-o ir agora! Eu sinto (insira o jeito que você quer sentir aqui) _____________. Eu permito que todos os problemas físicos emocionais e emocionais mentais com base nos sentimentos antigos desapareçam rapidamente!


Gillian MacBeth-Louthan


Website: pleiadedolphininfos – Blog de Meline Lafonte
http://pleiadedolphininfos.blogspot.com.br/
Traduzido por Adriano Pereira – blogluzevida@gmail.com



Postar um comentário