domingo, 22 de julho de 2018

Selácia: NAVEGANDO ENERGIAS VOLÁTEIS.

 Encontre sua zona de calma.
Selácia
22/07/2018

Este ano tivemos tantos momentos de volatilidade acelerada e surpresas, que pode parecer ser normal experimentar essas coisas. As pessoas podem se tornar insensíveis à quantidade de mudanças que se desdobram. Mas você, como um divino agente de mudança, este não é o momento de ficar entorpecido, de fingir que o que está acontecendo não tem nada a ver com você, ou querer deixar seu corpo para escapar da realidade. Continue lendo para obter dicas sobre como encontrar sua zona de calma e progredir, apesar do caos atual.

Bastidores

A humanidade está em um novo limiar de mudança, precipitado em parte por poderosos ciclos planetários. Alguns são de longo prazo - como Saturno-Plutão, que começou em 1982, e Júpiter-Saturno, que começou em 1842. Ambos os ciclos estão ajudando a iniciar grandes mudanças na sociedade e na forma como vivemos juntos na Terra. E assim será até 2020, antes desses ciclos começarem uma nova fase.

No curto prazo estão os eclipses e Mercúrio Retrógrado - nós dois estamos indo nesta semana. Dia 27 de julho tem o Eclipse Lunar total, na Super-Lua, catalisando uma visão profunda de padrões muito antigos e facilitando a cura pessoal em um nível de DNA. O segundo Mercúrio Retrogrado de 2018 começa também entre 25 e 26 de julho, adicionando um elemento de caos e o potencial de sofrer distorções de tempo.

5 dicas para ficar calmo

Não é fácil manter a calma quando você precisa se ajustar constantemente as surpresas em um ambiente volátil. Encontrar sua zona de calma, no entanto, é essencial para navegar com sucesso nesses tempos.

Essas junções de energias podem ser muito benéficas para você, na verdade, porque permite uma janela maior de transformação pessoal. Para maximizar seu potencial, você precisará ficar calmo para ter clareza e ter acesso à visão geral do espírito de sua vida. Você precisará estar calmo também, para evitar reagir a acontecimentos incômodos.

Sua energia precisa ser estável para criar estabilidade em sua vida em meio ao caos.

Aqui estão 5 coisas que você pode fazer para acessar sua zona de calma: (1) fique presente para o que estiver à sua frente naquele momento; esteja com ela como se fosse a única coisa que importasse, então (2) faça pausas de sua rotina; algumas pausas precisam ser para se aterrar, para que você possa se reagrupar; outras quebras idealmente envolvem a socialização com outras pessoas, pessoas que o elevam, (3) esteja disposto a mudar suas prioridades, em algum momento, se necessário; a flexibilidade é um grande trunfo (4), procure o revestimento de prata nos atrasos, nas comunicações perdidas, e em sua lista expandida de "a fazer", (5) envolva seu coração enquanto você se envolve consigo mesmo e com os outros; seu coração pode ajudá-lo a ser autêntico, amoroso e aberto a uma visão mais elevada do que está se desenrolando.

Tenha em mente o seu propósito maior de se manter vivo durante este ciclo fundamental da história. Mantenha isso em sua consciência regularmente, especialmente quando a vida ficar louca ou, o mundo simplesmente parecer estar de cabeça para baixo.

Prepare-se para oportunidades expandidas, para incorporar seu propósito mais elevado, à medida em que avança nesse momento de mudanças sem precedentes.

Não tem certeza do que isso significa agora?

Não se preocupe. Basta estar aberto para o que aparecer, e estar preparado para tomar ações com base no que você encontrar.

Um passo de cada vez.

Selácia
   
Direitos Autorais
Copyright 2018 por Selacia - escritora mundialmente conhecida, curadora intuitiva de DNA, professora espiritual e criadora do The Divine Changemakers *

Todos os direitos reservados
* http://selacia.com *
Sinta-se à vontade para compartilhar esses artigos com seus amigos e postar no seu blog ou site, contanto que você inclua todo este aviso de direitos autorais, com link para o site e o texto completo do artigo.

Traduzido por Adriano Pereira
Manaus/Amazonas
blogluzevida@gmail.com

Luz, Amor e gratidão 
 ҉


Postar um comentário