quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Natalia Alba: UMA MENSAGEM PARA TODOS OS ESTABILIZADORES E ALMAS ASCENDENTES


Uma Mensagem para Todos os Estabilizadores e
Almas Ascendentes durante o Período Entre Eclipses
por Natalia Alba
31/01/2017

A intensidade deste novo mês já pode ser sentida para aqueles que estão sintonizados em seu próprio micro universo e sabem das energias que vamos receber dos Eclipses, e estão apenas refletindo o que já está acontecendo dentro de nós mesmos.

Durante o período entre os Eclipses, entramos em um limiar desconhecido, revelando novos mundos que permaneceram ocultos aos nossos sentidos humanos até este momento e recriando a nossa realidade enquanto continuamos dissolvendo os velhos mundos, que deixamos para trás.

Antes de ir mais longe neste assunto, gostaria de enviar uma mensagem de Amor e força a todos os estabilizadores, bem como a todos que estão ajudando com seu papel único na Criação nesta fase intensa que está por vir. Como um estabilizador, eu só posso compartilhar sobre o meu próprio papel e experiência, não só temos que estar constantemente reequilibrando a nós mesmos e nossos corpos com as energias que recebemos, além de nossas experiências de vida pessoal, mas também somos responsáveis ​​por manter o bom Equilíbrio dentro da área que nossa alma escolheu para nós, quando planejamos nossa jornada humana, o que é totalmente desafiador, especialmente em regiões conflitantes.

Durante os Eclipses, há um fluxo maciço de códigos de luz, destinados a nos ajudar a mudar, liberar e nos refazer das cinzas do velho o que já não nos serve em novas experiências de vida.

É precisamente neste momento que os estabilizadores são destinados a ancorar a harmonia dentro e nos lugares físicos onde vivem. Como também nos reunimos como Um em nosso estado de sonhos, para atuar como condutores para esses códigos de luz, para serem ancorados em nossos lugares, e é muito importante que evitemos lugares lotados e qualquer lugar não desejada, pois eles poderiam nos trazer para fora de equilíbrio.

Na minha jornada pessoal, reúno-me - quando necessário - com outros estabilizadores da Europa, criando uma teia ligada harmonizadora para poder equilibrar certos lugares, se um falha, então, todos nós falhamos, então é essencial para nós estarmos totalmente concentrados nesses momentos intensos em nós mesmos, e em estar sempre funcionando a partir de um espaço do coração.

Para alguns de nós, este é um caminho solitário, pois estamos constantemente dominando os desejos inferiores humanos para sermos capazes de simplesmente ser e fazer o que é para o bem supremo de Todos, não focalizando as interações pessoais tanto quanto com os outros seres.

Mas também somos abençoados com uma tribo de luz maravilhosa, que mesmo não estando perto na maior parte do tempo, podem ser profundamente sentidos nesses momentos. Quando eu me reúno com outros estabilizadores, mesmo se eu não conhecer a maioria deles, eu tenho que dizer que nunca senti uma quantidade tão grande de Amor Divino, lembranças da alma e reconhecimento que trabalhamos como Um.

É essencial que todos nós, independentemente dos nossos únicos papéis de alma, tiremos proveito dessas fogosas e imutáveis frequências, bem como as que vêm de nosso Sol Central, que está muito ativo novamente, para curar nossos corpos físicos e não-físicos, pois essas energias vão nos ajudar a dissolver e atualizar nossos corpos e DNA de todas as antigas memórias que ainda permanecem dentro de nossas células.

Este também é um tempo para simplesmente render-se, enquanto continuamos trazendo para o físico os fortes fundamentos que nos permitirão sustentar-nos, assim como os nossos desejos de alma no físico, pois não só viemos aqui para viver de mera visões interiores, Praticar a arte de trabalhar com a energia que cria e fisicaliza nossas criações interiores.

A frequência dos Eclipses desencadeia tanto as partes físicas de nossos corpos - que precisam de liberação - como também trazem para a superfície as diferentes feridas que podemos ter em nosso plano mental e emocional. É vital que antes de trabalhar com nosso DNA e sua reprogramação, entremos primeiro nessa fase, para sermos limpos de nossa linhagem familiar cármica, das questões de medos primários e de tudo o que nosso ser humano ainda está lutando.

Na maioria das vezes, as almas ascendentes tendem a ignorar as etapas iniciais de cura, porque pensam - como não têm carma – que estão livres de fazer este trabalho interno de limpar a linhagem da família cármica. Bem, a verdade é que nossa alma pode não precisar de cura cármica, mas nosso corpo físico e nosso DNA precisa. Este tipo de carma, estará sempre dentro de nós mesmos, se não o curarmos adequadamente, devido ao fato de que o possuímos em nossos genes. É por isso que tendemos a repetir certos padrões de nossos pais ou de outros membros da família, o que pode até incluir vícios e outros comportamentos repetitivos que sabemos que não estão vindo de nós, mas a partir das memórias codificadas dentro de nossos genes.

As intensas energias dos Eclipses trarão profunda transformação celular e cura, se estivermos ansiosos para fazer o trabalho interior, mental e emocional de libertar as partes de nós mesmos que foram trancadas para sentir o que nosso ser humano tem medo de enfrentar, pois ele sabe que a dor é um transformador, e o humano como nós gosta de experimentar um sentido fixo de linearidade. Para nos auxiliar no processo de cura, também teremos - no final deste mês e durante o mês de março – as energias Piscianas, que trazem profundas limpezas e revelações.

Nesta viagem interminável de integração consciente, estamos sempre deixando de lado o que nos era caro no momento anterior, pois agora estamos navegando dentro dos Reinos Superiores da existência, onde a mudança constante é o único padrão real. Quanto mais luz - sabedoria - descermos de nossa Presença EU SOU, mais compreenderemos que nosso caminho nunca foi feito para ser fixo, em um certo lugar, com os mesmos companheiros ... e, em vez disso, estamos destinados a ter uma dança infinita de abraçar e liberar.

Nossa essência é de fluxo constante com Todos. Nosso desafio é, dominar o aspecto humano de nós para aceitar nossa verdadeira natureza e sua mutabilidade. A mudança tem sido e ainda é vista, como algo que esperamos do exterior. Até que cessemos e comecemos a trabalhar esse velho programa, que ainda está correndo dentro de nós mesmos, não seremos capazes de criar verdadeiramente as mudanças que estamos tão ansiosos para manifestar, pois estaremos alimentando a ilusão de que somos seres impotentes, governados por forças externas e circunstâncias, em vez de reconhecer nossa soberania, verdadeira participação e responsabilidade em tudo o que está ocorrendo em nossos mundos interior e exterior.

Para que ocorra a mudança, deve-se lembrar do verdadeiro significado dela - uma mudança interior causada pelo nosso eu consciente, que transforma e traz renascimento, sobre o velho.

Depois que nos tornamos conscientes de nossa participação criativa, seja pré-planejada - antes da encarnação - ou tomando uma decisão consciente - durante esta vida - a mudança começa a ocorrer. Como eu sempre digo, não há Eclipse, Lua Nova ou qualquer outro evento cósmico que não esteja refletindo o micro Universo que está dentro de nós, pois todos nós mudamos em perfeito uníssono.

Os milagres são o resultado da mudança interior que criamos dentro de nós mesmos. Para que ocorram milagres, temos que dançar ao ritmo do Universo, sentindo gratidão infinita por tudo o que somos/temos e sermos capazes de compartilhar nossos corações com Todos. Sem nenhuma expectativa, já que não estamos mais ligados ao que queremos de um lugar egóico, apenas ao que a Divina Vontade deseja co-criar através de nós.

Em Amor e na Luz

Natalia Alba


Direitos Autorais:
Natalia Alba – http://www.starseedsoul.com/

Tradução de Adriano Pereira – blogluzevida@gmail.com


Gostou! Compartilhe com os Seus Amigos.
Postar um comentário