terça-feira, 17 de novembro de 2015

Momento Espírita: O EXTRAORDINÁRIO PODER DA PRECE


O menino aproxima-se do pai, com carinha de quem descobriu coisas.

Atencioso, o pai dobra o jornal e se dispõe a ouvir.

E o pequeno despeja, entusiasmado, tudo que leu em um livro que lhe emprestou a professora.

Sabe, pai, eu li coisas muitos interessantes sobre a oração. Sempre soube que era algo importante.

Mas li que é como se juntássemos em nosso coração, em nosso pensamento, um tantão de amor, carinho e paz. Então, Deus acrescenta o que falta, e leva ao coração de quem sofre e precisa.

É como se Deus juntasse o Seu amor ao nosso amor, e levasse no caminho certinho que desejamos.

Lindo, meu filho, é assim mesmo que acontece. Por isso é que precisamos sempre colocar muito amor no que fazemos. Especialmente nas orações.

O amor é uma energia muito potente. Tão potente, que foi com amor que Deus construiu o Universo. Foi com amor e para o amor que também nos criou.

O amor, meu filho, é a seiva da vida.

*   *    *

A oração é o meio mais direto de nos comunicarmos com Deus, nosso Pai, Criador de tudo no Universo.

Ela é construída em nosso pensamento, e o nosso sentimento a impulsiona para o alvo.

Sempre que nos sentimos fracos, doentes, tristes, desanimados é porque está faltando movimentarmos o amor em nossas vidas.

Existem muitas maneiras de fazermos esse movimento. A oração é uma delas.

Através dela podemos falar do nosso amor a Deus, louvando a Sua grandeza e sabedoria.

Podemos agradecer as bênçãos que Ele nos proporciona. E pedirmos o de que necessitamos.

A prece é, em verdade, uma irradiação protetora que nasce do coração amoroso, sobe até Deus em súplicas ardentes e desce em benefícios até ao ser por quem se pede, ou a quem se deseja proteger.

É um sussurro de amor sublime que se expande, toca o infinito, transforma-se em bênçãos, ornamenta-se de virtudes celestes e derrama-se em perfumes sobre aquele que sofre.

A prece é o amor que beija o sofrimento e o consola, é a caridade que envolve o infortúnio e reanima o sofredor, recompondo-lhe as energias.

*   *   *

O poder da prece é a nossa força. Alguns dos seus frutos são a paz, a esperança, a alegria, o amor e a coragem.

Oremos sempre. Não subestimemos o valor da nossa comunicação com Deus.

Atravessamos épocas difíceis? Sentimo-nos deprimidos? Continuemos a orar.

A prece é luz e orientação em nossos próprios pensamentos.

Recordemos que o Mestre Jesus não somente recomendou a prece mas deu exemplos de Sua comunicação com o Pai, em várias oportunidades.

Ao final do dia, após os exaustivos atendimentos ao povo sempre necessitado, Ele se retirava para orar. No silêncio, Ele buscava o Pai e dialogava com Ele, intérprete que era de Sua vontade na Terra.

Ante as expectativas da traição, prisão e morte, Ele ora, no Monte das Oliveiras. Prece que é fortalecimento moral, comunhão com o Superior.
Imitemo-lO. 

Redação do Momento Espírita, com frases extraídas do
cap.III, pt. 4, do livro 
Ocavaleiro de Numiers, psicografia de
 Yvonne do Amaral Pereira e do cap. 39, do livro 
Entre irmãos
 de outras terras, por Espíritos diversos, psicografia de
 Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira, ed. FEB.
Em 7.11.2015.

Fonte: Momento Espírita



Postar um comentário