sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Regina Tavares: ENTREGO, CONFIO, ACEITO E AGRADEÇO

Entrego, Confio, Aceito e Agradeço.

A pessoa tinha metas, planos, prazos... queria coisas, alcançar objetivos, tinha desejos a serem concretizados, sonhos a serem realizados... o intelecto girava, girava, girava em busca de soluções... mas as coisas não aconteciam conforme a sua vontade e isso gerava muita frustração, cansaço, raiva, às vezes tristeza, crises... uma luta diária!

História conhecida? 

Provavelmente sim. E como superar isso? Vamos refletir um pouco a partir de uma ótica mais espiritual. Há algumas interpretações bem significativas para uma das ferramentas mais poderosas do Ho’oponopono. Uma estratégia que tem o poder de trazer uma Paz indizível ao nosso ser.

Se você passou ou está passando por situação semelhante... estresse, dor, desamparo, desconforto, sofrimento... Pare e preste atenção nessas quatro palavrinhas: Entrego, Confio, Aceito, Agradeço.Quem sente dor, desamparo, desconforto e sofre é o nosso ego! Já parou pra pensar nisso? A nossa alma está tranquila e serenamente no lugar em que sempre esteve. Aguardando (e ‘torcendo’ para) que a nossa mente se acalme... se cale... se aquiete, silencie...

Para lidar com situações de aparente impotência, há uma estratégia muito, muito eficaz: Entregar a questão ao Criador. Confiar que o Universo vai cuidar de tudo. Aceitar o que vier pela frente e Agradecer antecipadamente qualquer resultado, seja qual for. Sim, eu sei: é mais fácil falar do que fazer! Mas, sem dúvida, temos que tentar! Todos os dias, a todo o momento! Sem parar! O Universo só conspira a favor daquele que conspira a favor de si próprio! É impossível que o Universo conspire a nosso favor, que o Criador ou a Presença Divina em nós consiga atuar enquanto estivermos estressados, desesperados, agoniados, etc. Impossível! Temos que estar dispostos a soltar tudo.

Se todos os ensinamentos profundos e sérios sobre espiritualidade dizem que o Criador está em cada um de nós como Centelha Divina e, portanto, que já somos perfeitos em essência; que tudo o que temos a fazer é limpar o nosso subconsciente do lixo mental acumulado para nos tornarmos Luz, podemos concluir que o Criador nos quer felizes, sadios, prósperos e cheios de Luz.

A professora do Dr. Len, Morrnah Simeona, ensinava que “Nós estamos aqui somente para trazermos paz para nossa própria vida, e se trazemos paz para nossa própria vida, tudo em nossa volta encontra seu próprio lugar, seu próprio ritmo e paz”. Cristo disse: “Vós podeis fazer o que Eu faço e muito mais”. Os kabbalistas dizem que um dos nossos maiores desafios e a grande meta de nossas vidas é desenvolverconfiança total na Luz através da nossa transformação pessoal. Então, o que estamos esperando??

O professor de yoga, Sr. Hermógenes, um dos protagonistas do filme EU MAIOR, diz que “Deus sempre deseja a nossa fiel e incondicional confiança. Ele aproveita a nossa entrega e põe a nosso favor Sua Onisciência, Onipresença, Onipotência e isso nos liberta.”

Então, vamos lá!

ENTREGA só é autêntica e verdadeira se NÃO determinamos uma resposta específica. No momento em que entregamos, total e verdadeiramente, a Paz imediatamente nos preenche. Imediatamente! Entregamos ao Criador, ao Universo, à Luz, à Fonte (ou como queira denominar) toda a situação. O que acontece nesse momento? Alívio total! O professor Hermógenes completa: “Estar entregue a Deus é a mais perfeita condição de sábia imobilidade e, por isso mesmo, a mais eficaz.”

Somente quando estamos equilibrados, serenos e em paz, podemos receber uma ‘Inspiração’. O Ho’oponopono nos conscientiza de que temos escolhas: limpar os padrões repetitivos (soltá-los, entregá-los à Luz) ou reagir. E, na verdade, essa é uma escolha entre estar bem, feliz e em paz ou ser refém das memórias, triste, inquieto. Quem limpa é a energia divina em nós, e isso ocorre porque damos “permissão”. Sem essa permissão, nada acontece porque o Criador respeita o nosso livre-arbítrio. Mas temos que fazer a limpeza sem expectativas. Somente o Criador sabe o que precisa ser limpo e quando será feito. Assim, é preciso entregar as memórias para serem transmutadas e se entregar ao processo. Abrir mão de qualquer tipo de controle. Quanto maior a entrega, maiores os resultados. Pode apostar nisso!

Ao entregar, precisamos desenvolver a CONFIANÇA de que virá o que for melhor para nós, sempre. Mesmo que não seja o que nós gostaríamos, será certamente o melhor para nós no momento. Trata-se de uma Certeza Absoluta na Luz. A Certeza Absoluta de que, aconteça o que acontecer, a Luz está presente nessa situação. A Luz está sempre presente e é o melhor que pode acontecer no momento. É o que o nosso ‘recipiente’ consegue suportar ou precisa para crescer. E, quanto mais limpamos, entregamos confiamos, mais o nosso recipiente se torna apto a acessar mais bênçãos. Bênçãos que já estão inerentemente em nós mesmos. Confie que cada vez que você está fazendo a limpeza com o Ho’oponopono, algo está se soltando, sendo transmutado e o universo está nos apoiando e nos trazendo o que é correto para nós.

Outra fala do professor Hermógenes que me chamou a atenção é: Achamos que ter fé em Deus nos dará isso ou nos livrará daquilo, mas não é nada disso. A verdadeira fé consiste em calar para que Ele fale, consiste em nos render ao que Ele quiser fazer de nós e por nós. Se você quiser dar uma chance a Deus para que Ele o liberte, cure e ilumine, o que tem a fazer é precisamente oferecer-Lhe a sua quietude. Se continuar afobado, como pode Deus atuar?” Aquietai-vos e sabei que Eu Sou Deus (Salmo 46:10).

Devemos, portanto, silenciar o intelecto e confiar no processo. Temos que deixar de analisar tanto, de julgar, de querer entender tudo. Isso é o nosso ego tentando sabotar o processo de cura. Em momentos de crise, o intelecto não sabe como encontrar as melhores soluções, porque não está “vendo a figura completa”. É preciso confiar que quando utilizamos as ferramentas, algo está realmente acontecendo. Quando confiamos de fato, algo acontece e perdemos o medo. E mais: com isso, passamos a desenvolver a nossa autoconfiança. Temos que fortalecer a nós mesmos, desenvolver a nossa autenticidade.

Praticar realmente o Ho´oponopono implica em ACEITAR 100% a responsabilidade pelas coisas que "me acontecem", aceitar 100% a responsabilidade pelo que eu estou sentindo com relação ao que quer que esteja acontecendo e aceitar 100% a responsabilidade de mudar o que eu sinto. Tudo em nossa vida chega até nós para que limpemos os sentimentos (memórias, padrões e programas) negativos relacionados. Limpamos para que Aquele que é Perfeito venha até nós e aquilo que é perfeito passe a fazer parte de nós e de nossas vidas. Praticar o Ho´oponopono, por isso, é aceitar que existe uma parte mais sábia em nós, uma parte sagrada que sabe muito, muito mais do que o nosso intelecto.

Então, "eu aceito que 'isso' veio até mim porque eu atraí essa situação através das minhas frequências vibratórias." Já parou pra pensar o quanto isso é libertador?! Eu só posso mudar aquilo que está em mim. Aquilo que está no outro, somente ele pode mudar. Quando reconheço que “isso” está em mim, automaticamente tenho a chave para a minha liberdade. Escolho imediatamente fazer a limpeza e, no momento certo, fico livre. Livre!

Isso vale para quaisquer expectativas que tenhamos criado com relação às outras pessoas ou a situações. Pergunta: “Como posso NÃO ter expectativas?” Resposta: Limpando, limpando, limpando! Com o Ho’oponopono, não importa o que esteja acontecendo em nossas vidas, se praticamos a limpeza continuamente, alcançamos a Paz. Às vezes leva um pouco mais de tempo, às vezes é mais rápido, mas em algum momento, alcançamos a Paz. Sempre! Sem exceção! E se eu tenho PAZ, não tenho expectativas!

Finalmente, temos que fazer do ato de AGRADECER uma rotina em nossas vidas. A palavra Gratidão rompe o processo de julgamento que o nosso ego faz e nos tira imediatamente da situação padrão. Nós não brigamos com as memórias, não brigamos com nada fora e nada dentro. Não somos contra nada e ninguém. Simplesmente agradecemos porque agora estamos cada vez mais conscientes, enxergando as memórias e programas. Agradecemos pela oportunidade de nos libertar e libertar as memórias. Agradecemos antecipadamente ao Criador por estar nos curando, transmutando tudo em uma Luz pura.

A melhor oração que pode existir é dizer ”Gratidão!“ porque isso automaticamente nos coloca acima dos problemas. “Isso está aqui para que eu aprenda a lidar com essa questão e eu agradeço esta oportunidade!” São milhares de programas ocultos e não temos a menor noção de onde isso está conectado em nós. Assim, é totalmente desnecessário tentar pensar, analisar ou entender aquilo que está sendo transmutado. Basta dizer: “Te amo! Sou grato(a)!” Fazendo isso, estamos apenas buscando a Paz. Como disse Morrnah Simeona, limpamos para poder estar em Paz.


Após todas essas explicações, o que deveríamos fazer mesmo é tentar tatuar, de alguma forma, na nossa alma essas quatro palavrinhas! Entrego. Confio. Aceito. Agradeço. Quem sabe assim incorporamos firmemente o seu significado em nosso ser e em nosso dia-a-dia.

Agora, quero agradecer a sua presença nesse espaço virtual e sugerir que você comece, se ainda não o faz, a praticar a Gratidão continuamente em sua vida. Agora, já! Você vai ver milagres acontecerem!

Agradeça, agradeça, agradeça. Porque, afinal, você atrai aquilo que agradece.

Aloha!
Regina Tavares
reginatavares04@gmail.com



A Paz esteja convosco,
Toda Minha Paz,
A Paz que é ‘Eu’, a Paz que é ‘Eu Sou’.
A Paz para todo tempo,
agora e para sempre e eternamente.
Minha Paz ‘Eu’ lhe dou,
Minha Paz 'Eu' deixo contigo,
Não a Paz do mundo,
mas, somente Minha Paz,
A Paz do ‘EU’


Reblogado do website Hooponopono Mente Livre



Um comentário:

Unknown disse...

Amei Regina! Que maravilha!
Explicação fantástica do que é Deus em nós!
Gratidão sempre!
Entrego, confio, aceito, agradeço.Eu te amo, sou grata.
(vera Lúcia)